Produtora de moda Sophia Marins conta como fez a produção inspirada na Idade Média e no Império Bizantino

 

Nossa colunista fez uma produção “de cair o queixo” e conta detalhes aqui: “Essa produção de moda é uma releitura da Imperatriz Teodora (imperatriz do Império Bizantino lá da época medieval) nos dias de hoje.”

A produção contou com o cenário luxuoso e empoderado do Theatro Municipal: “Ao invés de escolher uma igreja com vitrais religiosos indo para o óbvio, resolvi focar na Imperatriz Teodora. Ela era uma atriz antes de ser imperatriz, por isso a escolha da locação do Theatro Municipal, para usar o palco, além do luxo, do ar de antiguidade, muito dourado ouro no cenário e de seus lindos vitrais , que embaçamos de propósito para aparecer somente o vitral colorido que remete à Idade Media e não seus desenhos renascentistas. E apesar da arquitetura não ser medieval, explorei os locais do theatro onde possui as características que remetem à arquitetura bizantina, como arcos ogivais e chão em mosaicos. Remetendo tb ao teatro sacro da idade média com muitos detalhes na modelo de religiosidade.”

 

Sophia Marins conta que a escolha da modelo também influencia muito na produção de Moda: “A escolha da modelo e da modelagem da roupa para compor o ensaio fotográfico foi ousado para levar o luxo do império bizantino à mulher cosmopolita, dos dias de hoje. Uma cantora e atriz assim como a imperatriz Bizantina, que esbanjava sensualidade no teatro. Destaca – se que o nome da modelo escolhida é Taty Princesa associando à Imperatriz Teodora nos dias de hoje. A modelagem sem decote como era usado na Idade Média, mas com as pernas de fora e tecido ajustado trazendo para o contemporâneo.”

A produção contou com o figurino feito exclusivamente para o editorial: “O macaquinho inspirado no Império Bizantino possui características como o mosaico colorido com cores da época formando a imagem da imperatriz, pedras preciosas , dourado excessivo e muita religiosidade nos acessórios como brinco, anel e braceletes de crucifixo, além de terços e imagens.”

Foto: Taty princesa no chão de mosaico colorido interpretando a Imperatriz Teodora com o terço na mão.

Ela finaliza com detalhes do editorial: “A produção de moda foi feita com todas as características que marcaram a Idade Média: A coroa e a imagem de Theodora remetendo ao Império, a roupa cor de ouro e o cenário sofisticado antigo com muito dourado para mostrar o luxo extremo da época, as pedras formando a imperatriz para mostrar o mosaico colorido muito usado na época, as poses mesmo com a modelo sentada continuam no verticalismo (imagem na vertical) da Arte medieval significando o poder, os acessórios sacros para mostrar a religiosidade exagerada, o semblante da modelo sério, poses de obras famosas da Idade Média como O Cristo Pantocrator e Palo D’oro, o cabelo e maquiagem também relacionados à época e os vitrais coloridos do cenário como mais um detalhe marcante da Idade Média. Cada detalhe é muito importante para o resultado final grandioso de uma produção de Moda.”

Foto: Taty princesa com o cenário dos vitrais coloridos e a pose da arte famosa da Idade Média: Cristo Pantocrator.

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *