20 anos de fundação do Projeto UERÊ

Neste momento vivendo um momento feliz e de muita reflexão. 20 anos de fundação do Projeto UERÊ , projeto pioneiro e premiado pela UNESCO, que começou na Maré e hoje ganha o mundo. Iniciativa que tem mudado a vida de muitas crianças. O UERÊ é Maré e Maré é um lugar melhor porque projetos como esse existem.

O Projeto Uerê é uma escola, na Favela da Maré, com uma metodologia de ensino própria, desenhada para crianças e jovens, que frequentam colégios públicos da Comunidade, com bloqueio cognitivos e emocionais devido à exposição constante a traumas e violência.

A história do Projeto UERÊ começou em 1980, quando Yvonne Bezerra de Mello criou nas ruas do Rio de Janeiro a Escola Sem Portas Nem Janelas com grupos de crianças e jovens em situação de rua. Este nome foi dado porque literalmente as aulas eram nas calçadas dos bairros de Copacabana, Madureira, Meier e Centro do Rio de Janeiro. Este já foi o primeiro esboço do que viria a ser a Pedagogia UERÊ-MELLO.

A evolução desta escola aconteceu depois da chacina da Candelária, em 1993, onde oito crianças de um dos grupos atendidos por Yvonne foram assassinadas por policiais militares.

Um dos sobreviventes voltou a morar com sua família em uma pequena favela, sob um viaduto em São Cristóvão. Continuando a atender a esse menino, Yvonne conviveu com os outros moradores do local e criou o COQUEIRINHO. Permaneceu ali de maneira precária durante quatro anos fornecendo alimentação e escolaridade para cerca de 80 crianças por dia.

Em 1997 a Prefeitura do Rio de Janeiro removeu a favela ali existente para o Complexo da Maré, em Bonsucesso. A Escola Coqueirinho acompanhou essa população realizando suas atividades nos abrigos da prefeitura no local chamado Baixa do Sapateiro. Em 1998 a escola Coqueirinho ganhou uma sede e se transforma no Projeto UERÊ.

Desde 1998 o Projeto UERÊ não cessou de aumentar o número de crianças e de funcionários e firmou-se no cenário nacional e internacional como uma organização respeitada e uma escola modelo no atendimento a crianças traumatizadas pela violência.

Atualmente atende 420 crianças no Complexo de Favelas da Maré e mais de 130.000 crianças já tem contato com a Pedagogia UERÊ-MELLO em diversas cidades do Brasil.

 Esse ano estamos  começando cedo a pedir uma contribuição de Natal para as 400 crianças do Projeto Uerê. É ano de crise e de eleições e quero como todos os anos, garantir um presente para todas elas. O Kit esse ano será de 70 reais. Até aos 11 anos, uma roupa( short e blusa ou calça e blusa, e uma rasteira para as meninas e um brinquedo. Depois dos 12 um kit de roupas. É só depositar na nossa conta: Bradesco Projeto Uerê Agencia 3002 Conta: 135.555-4 CNPJ: 02.791.884/0001-75

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *